Varejo Elimina Dependência De Shopping

26 Apr 2019 22:47
Tags

Back to list of posts

<h1>Como Oferecer Um Evento Utilizando Marketing Digital?</h1>

<p>O Centro de Transpar&ecirc;ncia de Bras&iacute;lia, inaugurado na Microsoft na &uacute;ltima quarta-feira (19), &eacute; um essencial passo para a seguran&ccedil;a digital no Brasil e pela America Latina. Ag&ecirc;ncia De Marketing instala&ccedil;&atilde;o conta com equipamentos de ponta e propostas ousadas: juntar os sistemas da corpora&ccedil;&atilde;o &agrave;s necessidades dos governos e ser a ponta de lan&ccedil;a no duelo ao cibercrime. A iniciativa foi formada em 2014, e o primeiro Centro foi inaugurado em Redmond, nos EUA. Logo em seguida, vieram B&eacute;lgica, Cingapura e, imediatamente, Brasil.</p>

<p>Mas, no final das contas, com que objetivo serve uma Central de Transpar&ecirc;ncia da Microsoft? O TechTudo foi a Bras&iacute;lia pra checar todos os dados da atividade. Antes de tudo, se esque&ccedil;a a ideia de um bunker subterr&acirc;neo ou de salas secretas. A instala&ccedil;&atilde;o fica em um movimentado shopping do Distrito Federal. Os 7 Principais Elementos Do Marketing De Conte&uacute;do diferen&ccedil;a est&aacute; nos protocolos de seguran&ccedil;a. &Eacute; Direito Aliado A Conhecimentos Tecnol&oacute;gicos , as visitas devem ser agendadas com (muita) anteced&ecirc;ncia e est&atilde;o sujeitas, claro, &agrave; aprova&ccedil;&atilde;o. O recinto &eacute; bem iluminado e voc&ecirc; nem imagina estar num lugar com paredes refor&ccedil;adas com metal, vidros resistentes, bloqueador de sinais de smartphones, monitoramento em 100% das &aacute;reas comuns e outras dezenas de medidas de seguran&ccedil;a.</p>

<p>&Eacute; como se fosse uma extens&atilde;o do cora&ccedil;&atilde;o da Microsoft, contudo em um ambiente onde &eacute; poss&iacute;vel ter acesso a dicas de alt&iacute;ssimo sigilo, todavia com uma elegante vista pro Planalto Central, caf&eacute; quentinho e balinhas. Uma Central de Transpar&ecirc;ncia Microsoft tem dois objetivos principais: permitir que t&eacute;cnicos de quaisquer governos interessados analisem o c&oacute;digo-fonte de qualquer artefato Microsoft e centralizar as investiga&ccedil;&otilde;es de crimes digitais, tal contra corpora&ccedil;&otilde;es quanto contra pessoas.</p>

<p>At&eacute; alguns anos atr&aacute;s, era aproximadamente improv&aacute;vel ter acesso &agrave;s linhas de c&oacute;digo dos produtos da Microsoft. Desse jeito, Microsoft precisou se reinventar. No final das contas, t&eacute;cnicos de governos precisavam avaliar se os sistemas da MS eram seguros e, deste modo, botar seus fatos (na realidade, os nossos detalhes, dos cidad&atilde;os), na nuvem da empresa.</p>

<p>Para isso, todos os c&oacute;digos-refer&ecirc;ncia de produtos MS precisariam ser revirados, testados, analisados e avaliados. Fundamentalmente, transpar&ecirc;ncia ou “morte”. Vale relembrar que a luta com produtos “open-source” (os software livres), tamb&eacute;m colocavam press&atilde;o pela corpora&ccedil;&atilde;o. Windows, Microsoft Office e demais produtos para usu&aacute;rio final neste momento n&atilde;o davam tanto lucro quanto antes. Abrir significaria deixar de ser a “empresa que queria botar um Computador pela casa de cada pessoa” para ser a organiza&ccedil;&atilde;o que “hospeda dados e sistemas das organiza&ccedil;&otilde;es e governos”.</p>

<p>E &eacute; a&iacute; que entram os Centros de Transpar&ecirc;ncia. Nos espa&ccedil;os, os t&eacute;cnicos de governos poderiam ter um acesso nunca antes concedido aos c&oacute;digos-refer&ecirc;ncia e aos sistemas da Microsoft. Tudo isso em um ambiente isolado, estanque, com uma superseguran&ccedil;a. Basta uma pr&eacute;via negocia&ccedil;&atilde;o e tudo vai estar l&aacute;, &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o de quem quiser. Entretanto, al&eacute;m da incumb&ecirc;ncia importante, os Centros de Transpar&ecirc;ncia bem como realizam uma respeit&aacute;vel atividade: ser o “quartel general” da corpora&ccedil;&atilde;o no duelo ao cibercrime. Com malwares ainda mais complexos, n&atilde;o respeitando fronteiras, um espa&ccedil;o central, com acesso tal aos &oacute;rg&atilde;os governamentais (pol&iacute;cias, judici&aacute;rio, empresas) quanto &agrave; tecnologia de ponta da Microsoft, tornou-se indispens&aacute;vel.</p>
<ol>

<li>Organize sua vida</li>

<li>Pago por clique, onde voc&ecirc; recebe dinheiro no momento em que algu&eacute;m clica no link</li>

<li>Claudemiro Lima Ramos citou</li>

<li>Assegurar webin&aacute;rios pros participantes da promo&ccedil;&atilde;o</li>

<li>Use imagens (todavia com compreens&atilde;o)</li>

<li>O planejamento financeiro</li>

<li>Gostou das respostas</li>

</ol>

<p>Sendo assim, as investiga&ccedil;&otilde;es passam a ser mais &aacute;geis, com todas as partes envolvidas e coordena&ccedil;&atilde;o apurad&iacute;ssima. Pense que um estabelecido v&iacute;rus se espalhou pelo mundo, ou um ataque DDoS. Milh&otilde;es de m&aacute;quinas est&atilde;o infectadas, e os donos sequer sabem. Dados est&atilde;o sendo roubados, e os preju&iacute;zos s&atilde;o imensos. Governos, policias e corpora&ccedil;&otilde;es atuam, todavia qualquer um “cuida do seu”. Uma Central de Transpar&ecirc;ncia podes ser o local onde todos conversam e planejam como agir. A a&ccedil;&atilde;o criminosa, muitas vezes, acontece simultaneamente em abundantes pa&iacute;ses. E &eacute; sorrateira: os pcs infectados (os “zumbis”) ficam “escutando” os criminosos, esperando pelo comando para agir e causar preju&iacute;zos.</p>

<p>&Eacute; preciso, pois, discernir onde est&atilde;o estas “centrais do crime”, derrub&aacute;-las e, rapidamente, assumir tua identidade, sem que as m&aacute;quinas-zumbis percebam. Caso isso n&atilde;o aconte&ccedil;a, o v&iacute;rus se replica e toda a a&ccedil;&atilde;o est&aacute; perdida. Diferente de uma corpora&ccedil;&atilde;o de antiv&iacute;rus, a Microsoft precisa salvar seus produtos do emprego malicioso, e n&atilde;o simplesmente proteger o usu&aacute;rio. Assim, os especialistas nas centrais trabalham em conjunto com as pol&iacute;cias para mostrar dicas que v&atilde;o levar a mandados de pesquisa. A&iacute;, deste jeito, a opera&ccedil;&atilde;o de derrubada dos servidores maliciosos podes ocorrer. Tenha em mente que estamos descrevendo de diferentes pa&iacute;ses, com diferentes leis.</p>

<p>Embora sejam duas miss&otilde;es diferentes (abrir os c&oacute;digos para avalia&ccedil;&atilde;o de governos e investiga&ccedil;&otilde;es criminais), os 2 fronts t&ecirc;m como objetivo comum a seguran&ccedil;a dos detalhes dos usu&aacute;rios e a vit&oacute;ria de confian&ccedil;a por por&ccedil;&atilde;o da corpora&ccedil;&atilde;o. Toda essa estrutura, constru&iacute;da em conjunto com os governos, claro, tem como objetivo fechar neg&oacute;cios - ou melhor, lucro pra corpora&ccedil;&atilde;o No entanto, dessa vez, tudo &eacute; feito com o m&aacute;ximo de compreens&atilde;o poss&iacute;vel, em clima de parceria e coopera&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Se pensarmos naquela companhia agressiva e fechada de anos atr&aacute;s, &eacute; uma mudan&ccedil;a e em t&atilde;o alto grau, que parece estar em sintonia com o est&iacute;mulo enorme que &eacute; fazer as pessoas (e os governos) confiarem na “nuvem”. Se vai ceder correto, s&oacute; o tempo dir&aacute;. Contudo o &uacute;nico caminho poss&iacute;vel parece ser mesmo o da transpar&ecirc;ncia.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License